Política de Privacidade



política de privacidade

A prote√ß√£o de dados √© uma prioridade particularmente alta para o gerenciamento da GridinSoft, LLC. A utiliza√ß√£o das p√°ginas de Internet da GridinSoft, LLC √© poss√≠vel sem qualquer indica√ß√£o de dados pessoais; no entanto, se um titular de dados quiser usar servi√ßos empresariais especiais por meio de nosso site, o processamento de dados pessoais pode se tornar necess√°rio. Se o processamento de dados pessoais for necess√°rio e n√£o houver base legal para tal processamento, geralmente obtemos o consentimento do titular dos dados. O processamento de dados pessoais, como nome, endere√ßo, endere√ßo de e-mail ou n√ļmero de telefone de um titular de dados, deve estar sempre de acordo com o Regulamento Geral de Prote√ß√£o de Dados (GDPR) e de acordo com a prote√ß√£o de dados espec√≠fica do pa√≠s regulamentos aplic√°veis ‚Äč‚Äč√† GridinSoft, LLC. Por meio desta declara√ß√£o de prote√ß√£o de dados, nossa empresa gostaria de informar o p√ļblico em geral sobre a natureza, escopo e finalidade dos dados pessoais que coletamos, usamos e processamos. Al√©m disso, os titulares dos dados s√£o informados, por meio desta declara√ß√£o de prote√ß√£o de dados, dos direitos a que t√™m direito.

Defini√ß√Ķes

A declara√ß√£o de prote√ß√£o de dados da GridinSoft, LLC √© baseada nos termos usados ‚Äč‚Äčpelo legislador europeu para a ado√ß√£o do Regulamento Geral de Prote√ß√£o de Dados (GDPR). Nossa declara√ß√£o de prote√ß√£o de dados deve ser leg√≠vel e compreens√≠vel para o p√ļblico em geral, bem como para nossos clientes e parceiros de neg√≥cios. Para garantir isso, gostar√≠amos de explicar primeiro a terminologia usada. Nesta declara√ß√£o de prote√ß√£o de dados, usamos, entre outros, os seguintes termos:

  • a) Dados pessoais

    Dados pessoais significam quaisquer informa√ß√Ķes relacionadas a uma pessoa f√≠sica identificada ou identific√°vel (‚Äútitular dos dados‚ÄĚ). Uma pessoa singular identific√°vel √© aquela que pode ser identificada, direta ou indiretamente, em particular por refer√™ncia a um identificador, como um nome, um n√ļmero de identifica√ß√£o, dados de localiza√ß√£o, um identificador online ou a um ou mais fatores espec√≠ficos da natureza f√≠sica, fisiol√≥gica, identidade gen√©tica, mental, econ√≥mica, cultural ou social dessa pessoa singular.

  • b) Titular dos dados

    Titular dos dados √© qualquer pessoa f√≠sica identificada ou identific√°vel, cujos dados pessoais s√£o processados ‚Äč‚Äčpelo controlador respons√°vel pelo processamento.

  • c) Processamento

    Processamento √© qualquer opera√ß√£o ou conjunto de opera√ß√Ķes que √© realizado em dados pessoais ou em conjuntos de dados pessoais, seja por meios automatizados ou n√£o, como coleta, registro, organiza√ß√£o, estrutura√ß√£o, armazenamento, adapta√ß√£o ou altera√ß√£o, recupera√ß√£o, consulta , uso, divulga√ß√£o por transmiss√£o, dissemina√ß√£o ou disponibiliza√ß√£o de outra forma, alinhamento ou combina√ß√£o, restri√ß√£o, apagamento ou destrui√ß√£o.

  • d) Restri√ß√£o de processamento

    Restrição de processamento é a marcação de dados pessoais armazenados com o objetivo de limitar seu processamento no futuro.

  • e) Perfil

    Profiling significa qualquer forma de processamento automatizado de dados pessoais que consiste no uso de dados pessoais para avaliar certos aspectos pessoais relacionados a uma pessoa f√≠sica, em particular para analisar ou prever aspectos relacionados ao desempenho profissional, situa√ß√£o econ√īmica, sa√ļde dessa pessoa f√≠sica , prefer√™ncias pessoais, interesses, confiabilidade, comportamento, localiza√ß√£o ou movimentos.

  • f) Pseudonimiza√ß√£o

    Pseudonimiza√ß√£o √© o processamento de dados pessoais de forma que os dados pessoais n√£o possam mais ser atribu√≠dos a um titular de dados espec√≠fico sem o uso de informa√ß√Ķes adicionais, desde que essas informa√ß√Ķes adicionais sejam mantidas separadamente e estejam sujeitas a crit√©rios t√©cnicos e organizacionais medidas para garantir que os dados pessoais n√£o sejam atribu√≠dos a uma pessoa singular identificada ou identific√°vel.

  • g) Controlador ou controlador respons√°vel pelo processamento

    Controlador ou respons√°vel pelo tratamento √© a pessoa singular ou colectiva, autoridade p√ļblica, ag√™ncia ou outro organismo que, isoladamente ou em conjunto com outros, determina as finalidades e meios do tratamento dos dados pessoais; quando as finalidades e os meios de tal tratamento forem determinados pela legisla√ß√£o da Uni√£o ou do Estado-Membro, o respons√°vel pelo tratamento ou os crit√©rios espec√≠ficos para a sua nomea√ß√£o podem ser previstos pela legisla√ß√£o da Uni√£o ou do Estado-Membro.

  • h) Processador

    Processador √© uma pessoa f√≠sica ou jur√≠dica, autoridade p√ļblica, ag√™ncia ou outro √≥rg√£o que processa dados pessoais em nome do controlador.

  • i) Destinat√°rio

    Destinat√°rio √© uma pessoa f√≠sica ou jur√≠dica, autoridade p√ļblica, ag√™ncia ou outro √≥rg√£o, a quem os dados pessoais s√£o divulgados, seja um terceiro ou n√£o. No entanto, as autoridades p√ļblicas que podem receber dados pessoais no √Ęmbito de um inqu√©rito espec√≠fico em conformidade com a legisla√ß√£o da Uni√£o ou do Estado-Membro n√£o s√£o consideradas destinat√°rios; o processamento desses dados por essas autoridades p√ļblicas deve estar em conformidade com as regras de prote√ß√£o de dados aplic√°veis ‚Äč‚Äčde acordo com as finalidades do processamento.

  • j) Terceiros

    Terceiro √© uma pessoa f√≠sica ou jur√≠dica, autoridade p√ļblica, ag√™ncia ou √≥rg√£o que n√£o seja o titular dos dados, controlador, processador e pessoas que, sob a autoridade direta do controlador ou processador, est√£o autorizadas a processar dados pessoais.

  • k) Consentimento

    O consentimento do titular dos dados é qualquer indicação dada livremente, específica, informada e inequívoca da vontade do titular dos dados, pela qual ele ou ela, por uma declaração ou por uma ação afirmativa clara, significa que concorda com o processamento de dados pessoais relacionados a ele ou ela.

Nome e endereço

O controlador para os fins do Regulamento Geral de Prote√ß√£o de Dados (GDPR), outras leis de prote√ß√£o de dados aplic√°veis nos estados membros da Uni√£o Europeia e outras disposi√ß√Ķes relacionadas √† prote√ß√£o de dados √©:

GridinSoft, LLC Pervomayskaya 20A 39600 Kremenchug Ucr√Ęnia Telefone: +38 044 405 82 32 E-mail: [email protected] Site: https://gridinsoft.com/

Cookies

As p√°ginas da Internet da GridinSoft, LLC usam cookies. Cookies s√£o arquivos de texto que s√£o armazenados em um sistema de computador por meio de um navegador da Internet. Muitos sites e servidores da Internet usam cookies. Muitos cookies cont√™m o chamado ID de cookie. Um ID de cookie √© um identificador exclusivo do cookie. Consiste em uma cadeia de caracteres atrav√©s da qual as p√°ginas e servidores da Internet podem ser atribu√≠dos ao navegador de Internet espec√≠fico no qual o cookie foi armazenado. Isso permite que os sites e servidores da Internet visitados diferenciem o navegador individual dos dados em quest√£o de outros navegadores da Internet que contenham outros cookies. Um navegador de Internet espec√≠fico pode ser reconhecido e identificado usando o ID de cookie exclusivo. Atrav√©s do uso de cookies, a GridinSoft, LLC pode fornecer aos usu√°rios deste site servi√ßos mais amig√°veis ‚Äč‚Äčque n√£o seriam poss√≠veis sem a configura√ß√£o de cookies. Por meio de um cookie, as informa√ß√Ķes e ofertas em nosso site podem ser otimizadas pensando no usu√°rio. Os cookies nos permitem, como mencionado anteriormente, reconhecer os usu√°rios do nosso site. O objetivo deste reconhecimento √© tornar mais f√°cil para os usu√°rios utilizarem nosso site. O usu√°rio do site que usa cookies, por exemplo. n√£o precisa inserir dados de acesso cada vez que o site √© acessado, pois isso √© assumido pelo site, e o cookie √© armazenado no sistema do computador do usu√°rio. Outro exemplo √© o cookie de um carrinho de compras em uma loja online. A loja online memoriza os artigos que um cliente colocou no carrinho de compras virtual atrav√©s de um cookie. O titular dos dados pode, a qualquer momento, impedir a configura√ß√£o de cookies atrav√©s do nosso site por meio de uma configura√ß√£o correspondente do navegador de Internet utilizado, podendo assim negar permanentemente a configura√ß√£o de cookies. Al√©m disso, os cookies j√° definidos podem ser exclu√≠dos a qualquer momento por meio de um navegador de Internet ou outros programas de software. Isso √© poss√≠vel em todos os navegadores de Internet populares. Se o titular dos dados desativar a configura√ß√£o de cookies no navegador de Internet utilizado, nem todas as fun√ß√Ķes do nosso site poder√£o ser totalmente utiliz√°veis.

Coleta de dados e informa√ß√Ķes gerais

O site da GridinSoft, LLC coleta uma s√©rie de dados e informa√ß√Ķes gerais quando um titular de dados ou sistema automatizado acessa o site. Esses dados e informa√ß√Ķes gerais s√£o armazenados nos arquivos de log do servidor. Podem ser coletados (1) os tipos e vers√Ķes de navegador usados, (2) o sistema operacional usado pelo sistema de acesso, (3) o site do qual um sistema de acesso chega ao nosso site (os chamados referenciadores), (4) o sub -sites, (5) a data e hora de acesso ao site da Internet, (6) um endere√ßo de protocolo da Internet (endere√ßo IP), (7) o provedor de servi√ßos de Internet do sistema de acesso e (8) quaisquer outros dados e informa√ß√Ķes que podem ser usadas em caso de ataques aos nossos sistemas de tecnologia da informa√ß√£o. Ao usar esses dados e informa√ß√Ķes gerais, a GridinSoft, LLC n√£o tira conclus√Ķes sobre o titular dos dados. Em vez disso, essas informa√ß√Ķes s√£o necess√°rias para (1) fornecer o conte√ļdo do nosso site corretamente, (2) otimizar o conte√ļdo do nosso site, bem como sua publicidade, (3) garantir a viabilidade a longo prazo de nossos sistemas de tecnologia da informa√ß√£o e tecnologia do site , e (4) fornecer √†s autoridades respons√°veis ‚Äč‚Äčpela aplica√ß√£o da lei as informa√ß√Ķes necess√°rias para o processo criminal em caso de ataque cibern√©tico. Assim, a GridinSoft, LLC analisa estatisticamente os dados e informa√ß√Ķes recolhidos anonimamente, com o objetivo de aumentar a prote√ß√£o e seguran√ßa dos dados da nossa empresa, e garantir um n√≠vel √≥timo de prote√ß√£o dos dados pessoais que tratamos. Os dados an√īnimos dos arquivos de log do servidor s√£o armazenados separadamente de todos os dados pessoais fornecidos por um titular de dados.

Suporte

Se voc√™ solicitar suporte de nossa equipe de suporte usando nosso sistema de tickets de suporte ao cliente, solicitaremos as informa√ß√Ķes necess√°rias para ajud√°-lo, como seu n√ļmero de compra, chave de licen√ßa, endere√ßo de e-mail, informa√ß√Ķes sobre seu computador hardware e software e a natureza do problema que voc√™ est√° enfrentando. Al√©m disso, pode ser √ļtil ou mesmo necess√°rio para esse fim nos enviar arquivos com os quais voc√™ est√° tendo problemas.

Assinatura de nossas newsletters

No site da GridinSoft, LLC, os usu√°rios t√™m a oportunidade de assinar o boletim informativo de nossa empresa. A m√°scara de entrada usada para esse fim determina quais dados pessoais s√£o transmitidos, bem como quando a newsletter √© solicitada ao controlador. A GridinSoft, LLC informa regularmente seus clientes e parceiros de neg√≥cios por meio de um boletim informativo sobre as ofertas corporativas. A newsletter da empresa s√≥ pode ser recebida pelo titular dos dados se (1) o titular dos dados tiver um endere√ßo de e-mail v√°lido e (2) o titular dos dados se registar para o envio da newsletter. Um e-mail de confirma√ß√£o ser√° enviado para o endere√ßo de e-mail registrado por um titular de dados pela primeira vez para envio de newsletter, por motivos legais, no procedimento de double opt-in. Este e-mail de confirma√ß√£o serve para comprovar se o titular do endere√ßo de e-mail como titular dos dados est√° autorizado a receber a newsletter. Durante o registo na newsletter, tamb√©m armazenamos o endere√ßo IP do sistema inform√°tico atribu√≠do pelo fornecedor de servi√ßos de Internet (ISP) e utilizado pelo titular dos dados no momento do registo, bem como a data e hora do registo. A recolha destes dados √© necess√°ria para compreender o (poss√≠vel) uso indevido do endere√ßo de e-mail de um titular de dados numa data posterior e, portanto, serve o objetivo da prote√ß√£o legal do respons√°vel pelo tratamento. Os dados pessoais recolhidos como parte de um registo na newsletter ser√£o utilizados apenas para enviar a nossa newsletter. Al√©m disso, os assinantes da newsletter podem ser informados por e-mail, desde que isso seja necess√°rio para o funcionamento do servi√ßo de newsletter ou para um registro em quest√£o, como poderia ser o caso em caso de modifica√ß√Ķes na oferta da newsletter, ou no caso de uma mudan√ßa nas circunst√Ęncias t√©cnicas. N√£o haver√° transfer√™ncia de dados pessoais coletados pelo servi√ßo de newsletter para terceiros. A subscri√ß√£o da nossa newsletter pode ser rescindida pelo titular dos dados a qualquer momento. O consentimento para o armazenamento de dados pessoais, que o titular dos dados forneceu para o envio da newsletter, pode ser revogado a qualquer momento. Para efeitos de revoga√ß√£o do consentimento, encontra-se um link correspondente em cada newsletter. Tamb√©m √© poss√≠vel cancelar a assinatura do boletim informativo a qualquer momento diretamente no site do controlador ou comunicar isso ao controlador de maneira diferente.

Acompanhamento de boletim informativo

A newsletter da GridinSoft, LLC cont√©m os chamados pixels de rastreamento. Um pixel de rastreamento √© um gr√°fico em miniatura embutido nesses e-mails, que s√£o enviados em formato HTML para permitir a grava√ß√£o e an√°lise do arquivo de log. Isso permite uma an√°lise estat√≠stica do sucesso ou fracasso das campanhas de marketing online. Com base no pixel de rastreamento incorporado, a GridinSoft, LLC pode ver se e quando um e-mail foi aberto por um titular de dados e quais links no e-mail foram chamados pelos titulares de dados. Esses dados pessoais coletados nos pixels de rastreamento contidos nas newsletters s√£o armazenados e analisados ‚Äč‚Äčpelo controlador para otimizar o envio da newsletter, bem como para adaptar ainda melhor o conte√ļdo de futuras newsletters aos interesses do titular dos dados. Esses dados pessoais n√£o ser√£o repassados ‚Äč‚Äča terceiros. Os titulares dos dados t√™m a qualquer momento o direito de revogar a respetiva declara√ß√£o separada de consentimento emitida por meio do procedimento de double-opt-in. Ap√≥s uma revoga√ß√£o, esses dados pessoais ser√£o exclu√≠dos pelo controlador. A GridinSoft, LLC considera automaticamente a retirada do recebimento do boletim informativo como uma revoga√ß√£o.

Possibilidade de contato pelo site

O site da GridinSoft, LLC cont√©m informa√ß√Ķes que permitem um r√°pido contato eletr√īnico com nossa empresa, bem como a comunica√ß√£o direta conosco, que inclui tamb√©m um endere√ßo geral do chamado correio eletr√īnico (endere√ßo de e-mail). Se um titular de dados entrar em contato com o controlador por e-mail ou por meio de um formul√°rio de contato, os dados pessoais transmitidos pelo titular dos dados ser√£o armazenados automaticamente. Esses dados pessoais transmitidos voluntariamente por um titular de dados ao controlador de dados s√£o armazenados para fins de processamento ou contato com o titular dos dados. N√£o h√° transfer√™ncia desses dados pessoais para terceiros.

Função de comentários no blog no site

O GridinSoft, LLC oferece aos usu√°rios a possibilidade de deixar coment√°rios individuais sobre contribui√ß√Ķes individuais do blog em um blog, que est√° no site do controlador. Um blog √© um portal baseado na web, acess√≠vel ao p√ļblico, atrav√©s do qual uma ou mais pessoas chamadas blogueiros ou blogueiros da web podem postar artigos ou escrever pensamentos nos chamados blogposts. As postagens do blog geralmente podem ser comentadas por terceiros. Se um titular de dados deixar um coment√°rio no blog publicado neste site, os coment√°rios feitos pelo titular dos dados tamb√©m s√£o armazenados e publicados, bem como informa√ß√Ķes sobre a data do coment√°rio e sobre o usu√°rio (pseud√īnimo) escolhido pelo titular dos dados . Al√©m disso, o endere√ßo IP atribu√≠do pelo provedor de servi√ßos de Internet (ISP) ao titular dos dados tamb√©m √© registrado. Este armazenamento do endere√ßo IP ocorre por motivos de seguran√ßa, e caso o titular dos dados viole os direitos de terceiros, ou publique conte√ļdo ilegal atrav√©s de um determinado coment√°rio. O armazenamento desses dados pessoais √©, portanto, do pr√≥prio interesse do controlador de dados, para que ele possa se desculpar em caso de infra√ß√£o. Esses dados pessoais coletados n√£o ser√£o repassados ‚Äč‚Äča terceiros, a menos que tal transfer√™ncia seja exigida por lei ou sirva ao objetivo de defesa do controlador de dados.

Assinatura de coment√°rios no blog no site

Os comentários feitos no blog da GridinSoft, LLC podem ser subscritos por terceiros. Em particular, existe a possibilidade de um comentarista assinar os comentários após seus comentários em uma postagem de blog específica. Se um titular de dados decidir se inscrever na opção, o controlador enviará um e-mail automático de confirmação para verificar o procedimento de double opt-in para saber se o proprietário do endereço de e-mail especificado decidiu a favor desta opção. A opção de subscrever comentários pode ser encerrada a qualquer momento.

Apagamento de rotina e bloqueio de dados pessoais

O controlador de dados deve processar e armazenar os dados pessoais do titular dos dados apenas pelo período necessário para atingir a finalidade de armazenamento, ou na medida em que isso seja concedido pelo legislador europeu ou outros legisladores em leis ou regulamentos aos quais o controlador está sujeito. Se a finalidade de armazenamento não for aplicável, ou se expirar um período de armazenamento prescrito pelo legislador europeu ou outro legislador competente, os dados pessoais são rotineiramente bloqueados ou apagados de acordo com os requisitos legais.

Direitos do titular dos dados

Voc√™ tem os seguintes direitos em rela√ß√£o aos seus dados pessoais, sujeitos a poss√≠veis restri√ß√Ķes legais:

  • Direito de confirma√ß√£o

    Cada titular de dados terá o direito concedido pelo legislador europeu de obter do responsável pelo tratamento a confirmação de que os dados pessoais que lhe dizem respeito estão sendo processados. Se um titular de dados desejar fazer uso desse direito de confirmação, ele poderá, a qualquer momento, entrar em contato com qualquer funcionário do controlador.

  • Direito de acesso

    Cada titular de dados ter√° o direito concedido pelo legislador europeu de obter do controlador informa√ß√Ķes gratuitas sobre seus dados pessoais armazenados a qualquer momento e uma c√≥pia dessas informa√ß√Ķes. Al√©m disso, as diretivas e regulamentos europeus concedem ao titular dos dados acesso √†s seguintes informa√ß√Ķes:

    • os prop√≥sitos do processamento;
    • as categorias de dados pessoais em quest√£o;
    • os destinat√°rios ou categorias de destinat√°rios a quem os dados pessoais foram ou ser√£o divulgados, em particular destinat√°rios em pa√≠ses terceiros ou organiza√ß√Ķes internacionais;
    • sempre que poss√≠vel, o per√≠odo previsto para o qual os dados pessoais ser√£o armazenados ou, se n√£o for poss√≠vel, os crit√©rios usados ‚Äč‚Äčpara determinar esse per√≠odo;
    • a exist√™ncia do direito de solicitar ao respons√°vel pelo tratamento a retifica√ß√£o ou o apagamento dos dados pessoais, ou a restri√ß√£o do tratamento dos dados pessoais relativos ao titular dos dados, ou a oposi√ß√£o a tal tratamento;
    • a exist√™ncia do direito de apresentar uma reclama√ß√£o a uma autoridade supervisora;
    • quando os dados pessoais n√£o s√£o coletados do titular dos dados, qualquer informa√ß√£o dispon√≠vel quanto √† sua fonte;
    • a exist√™ncia de tomadas de decis√£o automatizadas, incluindo a cria√ß√£o de perfis, referidas no artigo 22.¬ļ, n.¬ļs 1 e 4, do RGPD e, pelo menos nesses casos, informa√ß√Ķes significativas sobre a l√≥gica envolvida, bem como o significado e consequ√™ncias previstas de tal processamento para o titular dos dados.

    Al√©m disso, o titular dos dados ter√° o direito de obter informa√ß√Ķes sobre se os dados pessoais s√£o transferidos para um pa√≠s terceiro ou para uma organiza√ß√£o internacional. Se for esse o caso, o titular dos dados ter√° o direito de ser informado das garantias adequadas relacionadas com a transfer√™ncia. Se um titular de dados desejar fazer uso desse direito de acesso, ele poder√°, a qualquer momento, entrar em contato com qualquer funcion√°rio do controlador.

  • Direito de retifica√ß√£o

    Cada titular de dados terá o direito concedido pelo legislador europeu de obter do responsável pelo tratamento, sem demora injustificada, a retificação de dados pessoais imprecisos que lhe digam respeito. Tendo em conta as finalidades do tratamento, o titular dos dados tem direito ao preenchimento dos dados pessoais incompletos, incluindo através do fornecimento de uma declaração complementar. If a data subject wishes to exercise this right to rectification, he or she may, at any time, contact any employee of the controller.

  • Direito ao apagamento

    Cada titular de dados terá o direito concedido pelo legislador europeu de obter do responsável pelo tratamento o apagamento dos dados pessoais que lhe digam respeito sem demora injustificada, e o responsável pelo tratamento terá a obrigação de apagar os dados pessoais sem demora injustificada quando um dos aplicam-se os seguintes motivos, desde que o tratamento não seja necessário:

    • Os dados pessoais n√£o s√£o mais necess√°rios em rela√ß√£o aos prop√≥sitos para os quais foram coletados ou processados ‚Äč‚Äčde outra forma.
    • O titular dos dados retira o consentimento no qual o processamento se baseia de acordo com a al√≠nea (a) do artigo 6.¬ļ, n.¬ļ 1, do RGPD, ou al√≠nea (a) do artigo 9.¬ļ, n.¬ļ 2, do RGPD, e quando n√£o houver outro fundamento legal para o processamento.
    • O titular dos dados se op√Ķe ao processamento de acordo com o Artigo 21(1) do GDPR e n√£o h√° motivos leg√≠timos para o processamento, ou o titular dos dados se op√Ķe ao processamento de acordo com o Artigo 21(2) do GDPR.
    • Os dados pessoais foram processados ‚Äč‚Äčilegalmente.
    • Os dados pessoais devem ser apagados para cumprimento de uma obriga√ß√£o legal na legisla√ß√£o da Uni√£o ou do Estado Membro a que o controlador esteja sujeito.
    • Os dados pessoais foram recolhidos em rela√ß√£o √† oferta de servi√ßos da sociedade da informa√ß√£o referidos no artigo 8.¬ļ, n.¬ļ 1, do RGPD.

    Se um dos motivos mencionados acima se aplicar e um titular de dados desejar solicitar o apagamento de dados pessoais armazenados pela GridinSoft, LLC, ele poder√°, a qualquer momento, entrar em contato com qualquer funcion√°rio do controlador. Um funcion√°rio da GridinSoft, LLC deve garantir imediatamente que a solicita√ß√£o de exclus√£o seja atendida imediatamente. Se o respons√°vel pelo tratamento tiver tornado p√ļblicos os dados pessoais e for obrigado, nos termos do artigo 17.¬ļ, n.¬ļ 1, a apagar os dados pessoais, o respons√°vel pelo tratamento, tendo em conta a tecnologia dispon√≠vel e os custos de implementa√ß√£o, deve tomar medidas razo√°veis, incluindo medidas t√©cnicas, para informar outros controladores que processam os dados pessoais para os quais o titular dos dados solicitou o apagamento por esses controladores de quaisquer links ou c√≥pia ou replica√ß√£o desses dados pessoais, desde que o processamento n√£o seja necess√°rio. Um funcion√°rio da GridinSoft, LLC providenciar√° as medidas necess√°rias em casos individuais.

  • Direito de restri√ß√£o de processamento

    Cada titular de dados terá o direito concedido pelo legislador europeu de obter do responsável pelo tratamento a restrição de processamento quando se aplicar um dos seguintes:

    • A exatid√£o dos dados pessoais √© contestada pelo titular dos dados, por um per√≠odo que permite ao controlador verificar a exatid√£o dos dados pessoais.
    • O processamento √© ilegal e o titular dos dados se op√Ķe ao apagamento dos dados pessoais e solicita, em vez disso, a restri√ß√£o de seu uso.
    • O controlador n√£o precisa mais dos dados pessoais para fins de processamento, mas eles s√£o exigidos pelo titular dos dados para o estabelecimento, exerc√≠cio ou defesa de a√ß√Ķes judiciais.
    • O titular dos dados se op√īs ao processamento de acordo com o Artigo 21(1) do GDPR enquanto aguarda a verifica√ß√£o se os motivos leg√≠timos do controlador prevalecem sobre os do titular dos dados.

    Se uma das condi√ß√Ķes acima mencionadas for atendida e um titular de dados desejar solicitar a restri√ß√£o do processamento de dados pessoais armazenados pela GridinSoft, LLC, ele poder√° entrar em contato a qualquer momento com qualquer funcion√°rio do controlador. O funcion√°rio da GridinSoft, LLC providenciar√° a restri√ß√£o do processamento.

  • Direito √† portabilidade de dados

    Cada titular de dados ter√° o direito concedido pelo legislador europeu, de receber os dados pessoais que lhe digam respeito, que tenham sido fornecidos a um respons√°vel pelo tratamento, num formato estruturado, de uso corrente e leg√≠vel por m√°quina. Ele ou ela ter√° o direito de transmitir esses dados a outro controlador sem impedimento do controlador ao qual os dados pessoais foram fornecidos, desde que o processamento seja baseado no consentimento nos termos do artigo 6.¬ļ, n.¬ļ 1, al√≠nea a), do do RGPD ou al√≠nea a) do artigo 9.¬ļ, n.¬ļ 2, do RGPD, ou num contrato nos termos do artigo 6.¬ļ, n.¬ļ 1, al√≠nea b), do RGPD, e o tratamento seja efetuado por meios automatizados, desde que o tratamento n√£o √© necess√°rio para o desempenho de uma tarefa realizada no interesse p√ļblico ou no exerc√≠cio de autoridade oficial investida no controlador. Al√©m disso, no exerc√≠cio do seu direito √† portabilidade de dados nos termos do artigo 20.¬ļ, n.¬ļ 1, do RGPD, o titular dos dados ter√° o direito de que os dados pessoais sejam transmitidos diretamente de um respons√°vel pelo tratamento para outro, sempre que seja tecnicamente vi√°vel e quando tal n√£o prejudicar os direitos e liberdades dos outros. Para fazer valer o direito √† portabilidade dos dados, o titular dos dados pode, a qualquer momento, entrar em contato com qualquer funcion√°rio da GridinSoft, LLC.

  • Direito de obje√ß√£o

    Cada titular de dados tem o direito concedido pelo legislador europeu de se opor, a qualquer momento, por motivos relacionados com a sua situa√ß√£o particular, ao tratamento de dados pessoais que lhe digam respeito, com base na al√≠nea e) ou (f) do Artigo 6(1) do GDPR. Isso tamb√©m se aplica √† cria√ß√£o de perfis com base nessas disposi√ß√Ķes. A GridinSoft, LLC n√£o processar√° mais os dados pessoais em caso de obje√ß√£o, a menos que possamos demonstrar motivos leg√≠timos convincentes para o processamento que se sobreponham aos interesses, direitos e liberdades do titular dos dados, ou para o estabelecimento, exerc√≠cio ou defesa de reivindica√ß√Ķes legais. Se a GridinSoft, LLC processar dados pessoais para fins de marketing direto, o titular dos dados ter√° o direito de se opor a qualquer momento ao processamento de dados pessoais que lhe digam respeito para tal marketing. Isso se aplica √† cria√ß√£o de perfis na medida em que esteja relacionada a esse marketing direto. Se o titular dos dados se opuser √† GridinSoft, LLC ao processamento para fins de marketing direto, a GridinSoft, LLC n√£o processar√° mais os dados pessoais para esses fins. Al√©m disso, o titular dos dados tem o direito, por motivos relacionados com a sua situa√ß√£o particular, de se opor ao tratamento dos dados pessoais que lhe digam respeito pela GridinSoft, LLC para fins de investiga√ß√£o cient√≠fica ou hist√≥rica, ou para fins estat√≠sticos nos termos do artigo 89.¬ļ, n.¬ļ 1, do RGPD, a menos que o tratamento seja necess√°rio para a execu√ß√£o de uma tarefa realizada por motivos de interesse p√ļblico. Para exercer o direito de oposi√ß√£o, o titular dos dados pode entrar em contato com qualquer funcion√°rio da GridinSoft, LLC. Al√©m disso, o titular dos dados √© livre no contexto da utiliza√ß√£o dos servi√ßos da sociedade da informa√ß√£o, e n√£o obstante a Diretiva 2002/58/CE, de usar o seu direito de oposi√ß√£o por meios automatizados usando especifica√ß√Ķes t√©cnicas.

  • Direito de retirar o consentimento de prote√ß√£o de dados

    Cada titular de dados ter√° o direito concedido pelo legislador europeu de retirar seu consentimento para o processamento de seus dados pessoais a qualquer momento. Se o titular dos dados desejar exercer o direito de retirar o consentimento, ele poder√°, a qualquer momento, entrar em contato com qualquer funcion√°rio da GridinSoft, LLC.

Proteção de dados para candidaturas e procedimentos de candidatura

O respons√°vel pelo tratamento deve recolher e tratar os dados pessoais dos requerentes para efeitos do processamento do processo de candidatura. O processamento tamb√©m pode ser realizado eletronicamente. Este √© o caso, em particular, se um candidato enviar os documentos de solicita√ß√£o correspondentes por e-mail ou por meio de um formul√°rio da web no site ao controlador. Caso o respons√°vel pelo tratamento celebre um contrato de trabalho com um candidato, os dados apresentados ser√£o armazenados para efeitos de tratamento da rela√ß√£o laboral em conformidade com os requisitos legais. Se n√£o for celebrado contrato de trabalho com o requerente pelo respons√°vel pelo tratamento, os documentos de candidatura ser√£o automaticamente apagados dois meses ap√≥s a notifica√ß√£o da decis√£o de recusa, desde que n√£o se oponham ao apagamento nenhum outro interesse leg√≠timo do respons√°vel pelo tratamento. Outro interesse leg√≠timo nesta rela√ß√£o √©, por exemplo, um √īnus da prova em um procedimento sob a Lei Geral de Igualdade de Tratamento (AGG).

Método de pagamento:

  • Provis√Ķes de prote√ß√£o de dados sobre o uso da PayPro Global Inc. como processadora de pagamentos

Neste site, o controlador integrou componentes da PayPro Global Inc. A PayPro Global Inc. √© um provedor de servi√ßos de pagamento online. Os pagamentos s√£o processados ‚Äč‚Äčatrav√©s das chamadas contas PayPro Global Inc., que representam contas virtuais privadas ou comerciais. A PayPro Global Inc. tamb√©m pode processar pagamentos virtuais por meio de cart√Ķes de cr√©dito quando um usu√°rio n√£o possui uma conta PayPro Global Inc.. Uma conta PayPro Global Inc. √© gerenciada atrav√©s de um endere√ßo de e-mail, raz√£o pela qual n√£o h√° n√ļmeros de conta cl√°ssicos. PayPro Global Inc. torna poss√≠vel acionar pagamentos online a terceiros ou receber pagamentos. A PayPro Global Inc. tamb√©m aceita fun√ß√Ķes de trustee e oferece servi√ßos de prote√ß√£o ao comprador. A empresa operacional da PayPro Global Inc. fica em 225 The East Mall, Suite 1117, Toronto, ON, M9B 0A9, Canad√°. Os dados pessoais transmitidos √† PayPro Global Inc. geralmente s√£o nome, sobrenome, endere√ßo, endere√ßo de e-mail, endere√ßo IP, n√ļmero de telefone, n√ļmero de celular ou outros dados necess√°rios para o processamento de pagamentos. O processamento do contrato de compra tamb√©m requer esses dados pessoais, que est√£o relacionados com o respectivo pedido. A transmiss√£o dos dados visa o processamento de pagamentos e a preven√ß√£o de fraudes. O controlador transferir√° os dados pessoais para a PayPro Global Inc., em particular, se houver interesse leg√≠timo na transmiss√£o. Os dados pessoais trocados entre a PayPro Global Inc. e o controlador para o processamento dos dados ser√£o transmitidos pela PayPro Global Inc. √†s ag√™ncias de cr√©dito econ√īmico. Esta transmiss√£o destina-se a verifica√ß√Ķes de identidade e credibilidade. A PayPro Global Inc. ir√°, se necess√°rio, transmitir dados pessoais a afiliadas e prestadores de servi√ßos ou subcontratados na medida em que isso seja necess√°rio para cumprir obriga√ß√Ķes contratuais ou para que os dados sejam processados ‚Äč‚Äčno pedido. O titular dos dados tem a possibilidade de revogar o consentimento para o tratamento de dados pessoais a qualquer momento da PayPro Global Inc. A revoga√ß√£o n√£o ter√° nenhum efeito sobre os dados pessoais que devem ser processados, usados ‚Äč‚Äčou transmitidos de acordo com o processamento de pagamento (contratual).

  • Provis√Ķes de prote√ß√£o de dados sobre o uso da Avangate Inc. como processadora de pagamentos

Neste site, o controlador integrou componentes da Avangate Inc. √© um provedor de servi√ßos de pagamento online. Os pagamentos s√£o processados ‚Äč‚Äčatrav√©s das chamadas contas Avangate Inc., que representam contas virtuais privadas ou comerciais. A Avangate Inc. tamb√©m pode processar pagamentos virtuais por meio de cart√Ķes de cr√©dito quando um usu√°rio n√£o possui uma conta Avangate Inc.. Uma conta da Avangate Inc. √© gerenciada por meio de um endere√ßo de e-mail, raz√£o pela qual n√£o h√° n√ļmeros de conta cl√°ssicos. A Avangate Inc. torna poss√≠vel acionar pagamentos online a terceiros ou receber pagamentos. A Avangate Inc. tamb√©m aceita fun√ß√Ķes de trustee e oferece servi√ßos de prote√ß√£o ao comprador. A sede da Avangate Inc. fica na De Cuserstraat 93, 2¬ļ andar, escrit√≥rio 207-208, 1081 CN Amsterdam, Holanda. Os dados pessoais transmitidos √† Avangate Inc. geralmente s√£o nome, sobrenome, endere√ßo, endere√ßo de e-mail, endere√ßo IP, n√ļmero de telefone, n√ļmero de celular ou outros dados necess√°rios para o processamento de pagamentos. O processamento do contrato de compra tamb√©m requer esses dados pessoais, que est√£o relacionados com o respectivo pedido. A transmiss√£o dos dados visa o processamento de pagamentos e a preven√ß√£o de fraudes. O controlador transferir√° os dados pessoais para a Avangate Inc., em particular, se houver um interesse leg√≠timo na transmiss√£o. Os dados pessoais trocados entre a Avangate Inc. e o controlador para o processamento dos dados ser√£o transmitidos pela Avangate Inc. √†s ag√™ncias de cr√©dito econ√īmico. Esta transmiss√£o destina-se a verifica√ß√Ķes de identidade e credibilidade. A Avangate Inc. ir√°, se necess√°rio, transmitir dados pessoais a afiliadas e prestadores de servi√ßos ou subcontratados na medida em que isso seja necess√°rio para cumprir obriga√ß√Ķes contratuais ou para que os dados sejam processados ‚Äč‚Äčno pedido. O titular dos dados tem a possibilidade de revogar o consentimento para o tratamento de dados pessoais a qualquer momento da Avangate Inc. A revoga√ß√£o n√£o ter√° nenhum efeito sobre os dados pessoais que devem ser processados, usados ‚Äč‚Äčou transmitidos de acordo com o processamento de pagamento (contratual).

Base legal para o processamento

Art. 6(1) aceso. um GDPR serve como base legal para opera√ß√Ķes de processamento para as quais obtemos consentimento para uma finalidade de processamento espec√≠fica. Se o tratamento de dados pessoais for necess√°rio para a execu√ß√£o de um contrato em que o titular dos dados seja parte, como √© o caso, por exemplo, quando as opera√ß√Ķes de tratamento s√£o necess√°rias para o fornecimento de bens ou para a presta√ß√£o de qualquer outro servi√ßo, o tratamento √© com base no artigo 6.¬ļ, n.¬ļ 1, lit. b RGPD. O mesmo se aplica √†s opera√ß√Ķes de processamento necess√°rias para a execu√ß√£o de medidas pr√©-contratuais, por exemplo, no caso de consultas sobre nossos produtos ou servi√ßos. A nossa empresa est√° sujeita a uma obriga√ß√£o legal pela qual √© exigido o tratamento de dados pessoais, tal como para o cumprimento de obriga√ß√Ķes fiscais, o tratamento √© baseado no art. 6(1) aceso. c RGPD. Em casos raros, o tratamento de dados pessoais pode ser necess√°rio para proteger interesses vitais do titular dos dados ou de outra pessoa singular. Este seria o caso, por exemplo, se um visitante fosse ferido em nossa empresa e seu nome, idade, dados de seguro de sa√ļde ou outras informa√ß√Ķes vitais tivessem que ser repassados ‚Äč‚Äča um m√©dico, hospital ou outro terceiro. Ent√£o o processamento seria baseado no art. 6(1) aceso. d RGPD. Por √ļltimo, as opera√ß√Ķes de tratamento podem basear-se no artigo 6.¬ļ, n.¬ļ 1, lit. f RGPD. Esta base legal √© utilizada para opera√ß√Ķes de tratamento que n√£o estejam abrangidas por nenhum dos fundamentos legais acima mencionados, se o tratamento for necess√°rio para efeitos de interesses leg√≠timos prosseguidos pela nossa empresa ou por um terceiro, exceto quando tais interesses se sobrep√Ķem aos interesses ou direitos e liberdades fundamentais do titular dos dados que exijam prote√ß√£o de dados pessoais. Tais opera√ß√Ķes de processamento s√£o particularmente permitidas porque foram especificamente mencionadas pelo legislador europeu. Ele considerou que um interesse leg√≠timo pode ser assumido se o titular dos dados for um cliente do controlador (considerando 47 frase 2 GDPR).

Os interesses legítimos perseguidos pelo controlador ou por terceiros

Quando o tratamento de dados pessoais se baseia no artigo 6.¬ļ, n.¬ļ 1, lit. f GDPR nosso interesse leg√≠timo √© realizar nossos neg√≥cios em prol do bem-estar de todos os nossos funcion√°rios e acionistas.

Período durante o qual os dados pessoais serão armazenados

O critério utilizado para determinar o período de conservação dos dados pessoais é o respetivo período de conservação legal. Após a expiração desse período, os dados correspondentes são excluídos rotineiramente, desde que não sejam mais necessários para o cumprimento do contrato ou o início de um contrato.

Fornecimento de dados pessoais como requisito estatutário ou contratual; Requisito necessário para celebrar um contrato; Obrigação do titular dos dados de fornecer os dados pessoais; possíveis consequências do não fornecimento de tais dados

Esclarecemos que o fornecimento de dados pessoais √© parcialmente exigido por lei (por exemplo, regulamentos fiscais) ou tamb√©m pode resultar de disposi√ß√Ķes contratuais (por exemplo, informa√ß√Ķes sobre o parceiro contratual). √Äs vezes, pode ser necess√°rio celebrar um contrato que o titular dos dados nos fornece dados pessoais, que devem ser posteriormente processados ‚Äč‚Äčpor n√≥s. O titular dos dados √©, por exemplo, obrigado a nos fornecer dados pessoais quando nossa empresa assina um contrato com ele. O n√£o fornecimento dos dados pessoais teria como consequ√™ncia que o contrato com o titular dos dados n√£o pudesse ser celebrado. Antes que os dados pessoais sejam fornecidos pelo titular dos dados, o titular dos dados deve entrar em contato com qualquer funcion√°rio. O funcion√°rio esclarece ao titular dos dados se o fornecimento dos dados pessoais √© exigido por lei ou contrato ou √© necess√°rio para a celebra√ß√£o do contrato, se existe a obriga√ß√£o de fornecer os dados pessoais e as consequ√™ncias do n√£o fornecimento dos dados pessoais dados.

Existência de tomada de decisão automatizada

Como uma empresa responsável, não usamos tomada de decisão ou criação de perfil automáticas.